Taquaripoca

O Taquaripoca é o verdadeiro colapso gravitacional da Serra do Ibitiraquire. Seu cume é protegido pela sombra do Cerro Verde, por hordas de caraguatás e por formigas de corpo negro e membros vermelhos. Estes insetos em particular são extremamente agressivos, de comportamento hostil, diria que quase satânicos, quiçá de origem africana. Quem não compreende a geografia do Ibitiraquire costuma posicionar o Taquaripoca em outro lugar, mas que não se permita o engano. Esta bela montanha fica exatamente atrás do Cerro Verde, considerando o Tucum como parâmetro. É passagem pra lugar nenhum, de tal maneira que sempre será a metade de qualquer caminho escolhido. Em seu cume, assim como em todo o trajeto, não há vestígio de presença humana anterior. Quem passar por lá no futuro também não encontrará sinal de nossa. Sem trilha, sem sinalização, sem lixo. Apenas as formigas assassinas.

Fique Informado

Escolha a maneira como você gostaria de ser avisado dos próximos posts

Bookmark & Share

Compartilhe com os seus camaradas

6 Comments

  • Miriam Chaudon

    Lindona a fotografia do Cerro Verde! Formigas assasinas! Hehehehe! Fico só a imaginar um descuido ao pisar no formigueiro de tais insetos….rsrsrs!

  • Alisson Cotrim Wosniak

    E a lembrança do meu dedo quebrado.
    Valeu o cume! rs

    • Meu caro Alisson, é inacreditável o que aconteceu com você, por isso é importante registrar a hipótese de que uma seqüência incrivelmente afiada de caraguatás, aliada a uma legião de formigas hostis, conseguiu quebrar o seu dedo. Se eu não tivesse te encontrado ontem e visto a tala na mão, não teria acreditado. Ainda acho que rolou mais alguma coisa, afinal, estamos falando de uma fratura. Mas prefiro a explicação extraordinária de que as formigas e os caraguatás destruíram seu dedo. Valeu o cume mesmo.

  • Curto e contundente… show.

    JOPZ

  • anos atrás tinha passado por esse morro, mas nem imaginava que era esse o nome dele. Legal saber! abs marcelo

Comente